Moda

Moda evangélica 🙏 👗: Dicas práticas do dia a dia para você se vestir bem

By  | 

Não é só porque você é evangélica que não pode se vestir bem, não é mesmo? Muito pelo contrário! Hoje em dia existem looks maravilhosos inspirados na moda evangélica. Dessa forma, não é mais necessário ficar fazendo sempre as mesmas combinações. Não se esqueça de que hoje a moda oferece diversas opções de roupas modernas e elegantes.

Além de tudo isso, atualmente é possível até mesmo encontrar lojas especializadas em moda evangélica. Quer coisa melhor do que isso? No entanto, também dá para pegar peças de lojas diferentes e montar uma combinação incrível.

Quer saber mais sobre o assunto e conhecer algumas dicas práticas do dia a dia para que você, como evangélica, consiga se vestir bem, com estilo e sem desrespeitar os costumes da religião evangélica ao mesmo tempo? Então continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre a moda evangélica.

Mas, afinal, o que é moda evangélica?

Para começar, nada melhor do que entender realmente o que é moda evangélica. Para quem começou a frequentar a religião há pouco tempo, ter em mente esse assunto é realmente muito importante. Sendo assim, a expressão moda evangélica serve para se referir à uma tendência de moda capaz de atender um público muito grande de fiéis que frequentam e acreditam na religião evangélica.

Para quem não sabe, essas pessoas seguem algumas regras importantes na hora de se vestir, a fim de respeitar ao máximo a religião em questão.

Da mesma forma que, na maioria dos casos, existe um dress code (código de vestimenta) para trabalhar ou ir a um evento social, também existe um para frequentar as instituições religiosas, principalmente a evangélica.

Além dos evangélicos, outras religiões também adotam uma maneira específica de vestimenta, entretanto neste artigo vamos focar apenas na moda evangélica, certo?

Para entender ainda mais sobre o assunto, vale ressaltar as principais regras do vestir evangélico: ombros cobertos, decotes que cobrem o colo, modelagens afastadas do corpo e saia abaixo ou na altura dos joelhos.

É claro que isso pode variar conforme cada igreja, mesmo sendo da mesma religião. Dessa forma, o ideal é que você veja quais são as regras do lugar que frequenta em específico antes de sair por aí comprando novas roupas. Em alguns casos, o dress code se aplica somente aos cultos, entretanto em outros a forma de se vestir também é para o dia a dia, ou seja, para o trabalho e para passear.

Além disso, não se esqueça também de ter discrição e bom senso no momento em que for escolher as roupas da moda evangélica. Por exemplo, de nada vai adiantar que uma saia seja na altura dos joelhos (Confira looks de Midi), mas tenha fendas. Ou até mesmo blusas que escondam os ombros, mas mostrem a barriga. Procure saber também se a sua instituição proíbe o uso de algumas peças de roupas como, por exemplo, calças legging ou jeans, camisas de time, chinelo e blusas sem manga.

Tudo isso faz parte da moda evangélica e por isso deve ser avaliado antes de tudo. Afinal de contas, você não quer se enquadrar em um termo criado pelos próprios membros da religião para designar aquelas pessoas que ousam demais e acabam vestindo roupas que não respeitam as regras, certo? Esse termo é: pirigospel, ou seja, aquelas pessoas que não usam decotes nem cumprimentos curtos, mas exageram em: modelagem muito justa, transparências ou tecidos reveladores e blusas curtas que revelam a barriga ao levantar os braços.

Dicas de como se enquadrar na moda evangélica

Para evitar esse problema mencionados anteriormente, veja a seguir algumas dicas importantes a respeito da moda evangélica:

  1. Use alguma regata ou outra blusinha por baixo quando o tecido da blusa principal for transparente;
  2. Quando for experimentar alguma roupa na loja, não deixe de andar um pouco para conseguir sentir melhor a roupa. Além disso, sente-se e cruze as pernas, levante os braços e analise tudo para realmente perceber se a roupa é adequada ou não. Caso a barriga apareça ou fique marcando alguma coisa, prefira experimentar outro modelo;
  3. Se tiver vontade de colocar um vestido sem mangas, a dica é combinar com um bolero, por exemplo, ou com um cardigã. Atualmente é possível encontrar muitos modelos nas lojas, basta procurar aquele que mais combina com o restante do look.

Depois de ter conferido essas dicas importantes de como seguir as regras da moda evangélica, é hora de ver algumas dicas de looks práticos do dia a dia para você se vestir bem e, ao mesmo tempo, respeitar a religião da forma adequada.

Saia Midi e Blusa

saia midi moda evangélica dicas práticas

Em primeiro lugar, um look da moda evangélica que não pode faltar em seu guarda-roupas é uma bela saia Midi com uma blusa. É uma combinação perfeita, fácil de fazer e que nunca sai de moda. Além de tudo, também é possível encontrar várias opções diferentes para montar aquele look.

Nunca se esqueça de dar preferência para as saias na altura ou abaixo dos joelhos, certo? Evite ao máximo modelos colados e transparentes também. Uma saia Midi preta é a escolha perfeita, uma vez que dá para combinar ela com diferentes tipos e cores de blusas. E, é claro, fica muito elegante no corpo também. Uma tendência que está muito forte atualmente é combinar uma blusa listrada com uma saia Midi preta. Fica realmente incrível.

Em relação à blusa, veja se ela não mostra a barriga e também se segue todas as regras da sua igreja em específico. De resto, é só escolher aquela que mais combinar com a saia escolhida para ter um ótimo look de moda evangélica.

Vestidos

vestido moda evangélica dicas práticas

Outro look da moda evangélica muito presente são os vestidos. É realmente uma peça bastante clássica entre as mulheres da religião. Além de serem estilosos, os vestidos também são muito confortáveis. Apenas tenha em mente de comprar aqueles mais longos, na altura ou abaixo dos joelhos.

Além de respeitarem a religião, esses tipos de vestidos também são capazes de alongar a silhueta e te deixar ainda mais bonita. Uma ótima opção e que está super na moda são os modelos floridos, excelente escolha dentro da moda evangélica.

Conclusão

Gostou das dicas dadas neste artigos sobre moda evangélica? Vai começar a colocá-las em prática o quanto antes? Apenas não se esqueça de deixar nos comentários como foi a sua experiência depois!