Faculdade

Desenhos no sketchbook

By  | 

Um pouco sobre meus desenhos e aulas na faculdade

Muitos acreditam que os desenhos desenvolvidos ao decorrer do curso de design de moda se restringem a croquis de mulheres irreais vestindo nossas criações. Entretanto, os desenhos do curso vão muito além, dando aberturas a expressividade e árdua observação dos objetos a nossa volta.

Afirmo isso, pois no primeiro semestre lidei com um período de grande expressividade. A maioria dos trabalhos não envolviam apenas desenhos, muitas vezes o material era livre e podíamos explorar um pouco de tudo. Nesse caminho descobri as colagens e me interessei muito pela prática, mas isso gerou um pequeno problema. Deixei de lado os desenhos justamente para fazer os trabalhos a partir dos recortes, ao menos eles me renderam bons trabalhinhos.

Desenhos do Sketchbook 1

Ao final do primeiro semestre e de toda essa fase expressiva tivemos que desenhar o corpo humano, foram duas aulas com modelos vivos. A experiência foi muito interessante, pois desenhar corpos reais pode ser tão difícil quanto desenhar as mulheres irreais de pernas longas e tronco achatado. E quando os modelos trocam a posição a cada cinco minutos as coisas ficam um tanto complicadas. No entanto, foi uma experiência válida que serviu para provar a importância da observação.

Observação esta que se tornou aula agora no segundo semestre e que é fator principal para a produção de desenhos. A matéria, de nome bem óbvio, é Desenho de observação e basicamente precisamos desenhar o que é observado. Até agora as experiências foram interessantes, pois desenhamos pequenos objetos, nossas bolsas e até mesmo pinturas que representam o corpo humano.

Desenhos Sketchbook 3

Desenhar minha bolsa e meus objetos até que não foi uma tarefa difícil, mas quando tive que desenhar uma das mulheres da obra “As três graças” de Pieter Paul Rubens, pensei que não iria conseguir. Realmente ainda não consegui, pois não finalizei o desenho, mas estou gostando do caminho que ele está seguindo. Quando escuto a professora dizendo “Vocês precisam observar muito bem para conseguir desenhar” fico um pouco irritada. Entretanto quando estou diante do papel percebo que a observação é essencial, pois não são as habilidades ou técnicas que você tem e possui que vão proporcionar um belo desenho, mas sim a sua capacidade de observação.

Essa realidade prova que realmente não é preciso ter muitas habilidades para desenhar, basta querer, treinar e, principalmente, observar. Espero melhorar meu desenho ao decorrer do curso e ficar satisfeita com os resultados. Até agora, mesmo não gostando muito de desenhar objetos e corpos, estou gostando das aulas, elas me inspiram, mesmo assim, não deixo de fazer meus desenho doidos no meu sketchbook.

Desenhos Sketchbook 2

Gostou? Aproveite para conferir os meus trabalhos de linguagem visual do primeiro semestre e deixe seu comentário!