Viagem

Intercâmbio: Londres

By  | 

Possuir um passaporte cheios de carimbos e inúmeras fotos retratando lugares são algumas das provas que mostram como viajar é um dos melhores programas que uma pessoa pode fazer na vida. Com certeza, esse comentário é mais um dos clichês sobre viagens, aliás, até mesmo o ato de afirmação do clichê se torna clichê. Mas com brincadeiras a parte, vou mostrar um pouco a vocês de como foi cada dia da minha viagem a Londres. O por quê de ter escolhido essa cidade, o que eu fiz, onde me hospedei, qual curso escolhi…exatamente tudo sobre o intercâmbio. Entretanto, não vou considerar um diário, pois viajei em fevereiro e voltei no começo de março, portanto vou defini-la apenas como relatos de uma viagem.

Viagem que viajei, literalmente e mentalmente, que fui desafiada. Também a qual desenvolvi ideias e adquiri conhecimentos que se fixaram. Conheci pessoas e lugares incríveis e estudei algo que gosto muito. Enfim, apesar de serem apenas relatos de um intercâmbio vou a fundo para mostrar todo esse processo que me inspirou muitas coisas, até mesmo montar uma nova proposta para o blog. Com muitas fotos dos lugares e detalhes que mais me chamaram atenção, quero mostrar um lado diferente de Londres. Espero que gostem dessa série de posts e que assim como eu percebam que qualidade de vida nem sempre é ter tudo em nosso país, mas sim se desprender das coisas que admiramos para abrir a mente para novos mundos.

Viajando a Londres

Como planejei ir para Londres

Um ano antes da viagem comecei a pesquisar e ir em agências de intercâmbio. Ao visita-las, procurava me informar sobre as cidades, as universidades e os cursos que elas ofereciam. Minha primeira opção era Londres, desde o início, então escolher a cidade não foi uma tarefa difícil, mas me informei também sobre Nova York, pois não desejava ficar no interior. Pela falta de curso e acomodação, Nova York acabou ficando de lado. Após ver algumas outras opções como Canadá e cidades do interior da Inglaterra, apenas para conhecer as propostas, acabei escolhendo Londres. Escolhi a cidade, pois a muito tempo desejava conhecê-la, além disso, a STB me ofereceu um programa com um diferencial.

Seria um mês morando em Londres estudando inglês e MODA. No início estranhei, pois achava que intercâmbios eram apenas para estudar inglês. A vantagem me agradou e não hesitei, comprei as passagens e fechei o intercâmbio. Claro que tudo isso foi após conversar com os meus pais, ver orçamentos e se informar melhor sobre a universidade.

Não precisei de visto, pois passei apenas um mês em Londres. Se não me engano, o visto é necessário apenas para quem permanece três meses ou mais. Apesar dos preparativos terem sido tranquilos, o início da viagem não foi tão calmo assim. Ao chegar no Aeroporto para fazer o check-in, os funcionários informaram que não havia mais assentos livres no vôo. Fiquei aflita, pois, além de ter planejado tudo durante um ano, precisava embarcar naquele mesmo dia. O planejado era chegar em um Domingo para Segunda-feira já ter o primeiro dia de aula, dia mais importante segundo a agência. No final deu tudo certo e conseguiram arranjar um lugar no vôo.

Ruas em Londres

Quer saber um pouco mais sobre o intercâmbio para Londres? Então pergunte nos comentários.

  • Eduarda Iannuzzi

    Quero saber quanto você gastou no total da viagem… Queria voltar para Londres, mas para estudar mesmo. Adorei a oportunidade de ser moda e inglês. <3