Arte e Cultura

Willy Rizzo

By  | 

Um pouco da obra de Willy Rizzo

Willy Rizzo foi um fotógrafo italiano e grande referência das artes visuais do século XX, sendo influente até os dias de hoje após sua morte.  Era muito comum encontrar suas fotos estampando as capas de revistas como a Vogue e outras publicações. Ele também se destaca, pois foi pioneiro na substituição de modelos por celebridades nas capas de revistas de moda e chegou a fotografar ícones como Jane finda e Elsa Martinelli.

willy-rizzo-1

Foto – Willy Rizzo

Em uma época a qual os paparazzi corriam indiscretamente pelas ruas do mundo todos a procura de cliques das pessoas mais famosas, Rizzo, famoso por fotografar Picasso e Jack Nicholson chamava atenção pela pluralidade e pelo compromisso profissional. Ele fotografou o retrato de expressão surrealista de Salvador Dali, a sensualidade de Bridget Bardot, o charme de Jane Fonda, a seriedade de Pierre Cardin ao lado de Yves Saint Laurent, a simplicidade emocionante de Coco Chanel e várias outras celebridades e ícones da época.

Willy Rizzo começou sua carreia no histórico Julgamento de Nuremberg após a segunda guerra mundial e, depois de uma rápida parada pelos Estados Unidos, voltou à Europa para colaborar na criação da revista Paris Match e ainda fotografar para publicações como Vogue, Life, Playboy e Marie Claire, da qual foi diretor artístico.

willy-rizzo

Foto – Willy Rizzo

Sua fotografia na maioria das vezes é em preto e branco, também há fotografia a cor, retratando as celebridades. É um trabalho de simplicidade que realmente desenvolve retratos muitas vezes da vida e dia a dia da pessoa, além de expressões marcantes e características. Uma curiosidade muito interessante sobre a sua vida é o fato de que além de fotógrafo ele ainda desenvolveu uma carreira atuando como designer.

Gostou? Deixe seu comentário e aproveite para conferir o texto sobre Guy Bourdin, outro fotógrafo influente e referência da década de 60 e 70.