Faculdade

Projeto Interdisciplinar: Painéis semânticos

By  | 

A montagem dos painéis semânticos

Nessa etapa do projeto tivemos que montar três painéis semânticos, mas acabamos montando quatro. O primeiro deveria ser plano, o segundo tridimensional e o terceiro com as imagens do público alvo escolhido.

Para o painel plano, coletamos imagens que retratam pessoas de diversas formas, todas com a nossa paleta base, preto, cinza e vermelho. Decidimos brincar com as imagens e as manipulamos para obter linhas em cima dos desenhos. Essas linhas remetem a ideia de chuviscos em uma televisão. O objetivo disso foi fazer uma analogia entre o funcionamento da televisão e o comportamento humano.

Comparamos o ruído que gera o chuvisco com o impacto da bomba e o funcionamento da televisão com o comportamento. Assim como a televisão, quando o ser humano capta sinais ele se mantém estável, mas quando o sinal se esgota e apenas os ruídos são absorvidos, a instabilidade prevalece. Além dessa analogia, demonstramos os ciclos no painel através da repetição de imagens em diversas posições e ainda colocamos uma imagem apenas da cor vermelha para indicar o alerta.

Ao redor da imagem vermelha, dispomos retratos de guerras e catástrofes e em seguida as figuras que mostram o indivíduo. Esta disposição serve para mostrar as camadas do ciclo que antes de envolverem os sentimentos básicos: instabilidade, isolamento, desconstrução e reconstrução; englobam o alerta e o impacto até chegar ao indivíduo e consequentemente ao seu comportamento.

painéis semânticos

Já no painel tridimensional, elaboramos um mobile em formato circular que agregam as três camadas (alerta, impacto, indivíduo). O formato circular demonstra o ciclo e o movimento que o mobile proporciona, a transição das camadas. Isso tudo para mostrar a repetição dos acontecimentos que movem este fenômeno. Tudo isso, obviamente, foi pensando em conjunto, afinal são muitas ideias. Em todo esse processo, é importante ressaltar que todas as integrantes do grupo se juntaram para coletar as imagens, analisá-las e propor a composição que daria vida ao nosso conceito. Falo isso, pois estou compartilhando um projeto o qual eu estava inclusa, mas não fui a única a desenvolver, por isso é necessário dar os devidos créditos.

painéis semânticos

Enfim, na montagem do último painel, o do público alvo, viajamos um pouco e tivemos que fazer dois painéis. Isso aconteceu, pois começamos a pesquisa de público de uma maneira diferente. Previamente, optamos pelo evento “The Burning Man”, o maior festival de arte e livre expressão que ocorre anualmente no deserto de Nevada, EUA, tendo a construção da cidade Black Rock para realização do espetáculo. O festival dura oito dias. O evento possui experiências um tanto exóticas e distintas do cotidiano e tem como resultado uma overdose de sentidos agravada pelo árido deserto e a responsabilidade pela própria sobrevivência.

painéis semânticos

Achamos o evento perfeito para representar nosso projeto, pois ele incluí fatores impactantes que trazem alguns pontos do tema abordado, o impacto, a instabilidade e o isolamento. Além disso, ele têm como objetivo a inclusão, responsabilidade com o próximo e o meio e a busca pela redescoberta interna. Pontos que representam a desconstrução e reconstrução que propomos. Tudo se encaixou perfeitamente com as ideias que tivemos, mas ao analisar o círculo de pessoas que participavam do festival, descobrimos um público diversificado e um tanto difícil de filtrar.

Após algumas reflexões, pesquisas e orientação da professora orientadora do projeto, escolhemos trabalhar com o público jovem feminino que busca se reinventar através do empoderamento. Essas mulheres residem em metrópoles, em específico, na cidade de São Paulo. Indo mais a fundo, percebemos que a moda empoderada foge dos padrões sociais estabelecidos para os gêneros e celebra a personalidade de cada indivíduo. Acompanhando esse pensamento, surge a desconstrução da própria forma; que brinca com o padrão corporal feminino e desfaz as proporções esperadas, transformando a roupa em uma declaração de poder sobre si mesma. 

Apesar da proposta de público ter sido interessante e super querida por nós do grupo, a professora e a própria banca considerou o público bem vago, ainda faltava conteúdo e estudo, mas acharam interessante a forma que encaixamos todas essas ideias e referências no projeto de forma coerente. Pelo menos percebemos algo que precisamos ir mais a fundo no próximo projeto.

Gostou de saber como desenvolvemos os painéis semânticos desse projeto? Deixe seu comentário e continue acompanhando!