Faculdade

Projeto Interdisciplinar: Desenhos das roupas

By  | 

Desenhos das roupas, zero waste e finalização do projeto

Após várias etapas de projeto, muita pesquisa e decisão de materiais, finalmente chegamos na apresentação dos desenhos das roupas e confecção do produto escolhido. Neste momento, achamos que era só fazer os croquis, apresentar para a professora e confeccionar a peça, mas não foi tão simples assim. Com quase tudo encaminhado, ainda faltava uma questão a ser estudada, o zero waste.

O zero waste para quem não sabe é uma modelagem que tem como objetivo não gerar resíduos ou pelo menos reutilizar o tecido que sobrou do corte. A professora nos apresentou a essa técnica e mandou vários artigos para estudarmos e pensarmos como aplicá-la em nosso projeto. Por sorte, nosso objetivo não era fazer uma roupa marcada, mas sim uma peça que tivesse fluidez e um caimento solto que possibilitasse flexibilidade. O zero waste, portanto, não foi um grande desafio, pois já estava programado usar todo o tecido na confecção.

PI - desenhos das roupas

Modelagem Zero Waste

Com a modelagem já pré-estabelecida, fizemos o croqui do vestível que dava vida ao nosso produto, as peças eram, basicamente, um macacão/kimono e um cinto. Além de apresentar o desenho, foi preciso definir uma ocasião de uso e justificar as escolhas com base no conceito desenvolvido. Para representar cada fase do ciclo, além de se apropriar das cores e estabelecer um significado a cada uma delas, projetamos um vestível que possibilitasse demonstrar a transição ocorrida no ciclo através da abertura do cinto.

Inicialmente, trouxemos um kimono de aspecto fluído que ganha estrutura quando preso ao cinto vermelho. Este seria o momento que representa a estabilidade e solidez, predominando o cinza. O cinto, por estar na cor vermelha, representa o impacto e chama atenção para a mudança. Quando retirado, ocorre a transição e como resultado surge a instabilidade, representada pelo preto. A peça cobre todo o corpo, explicitando o isolamento humano. Após a desconstrução e reconstrução, surge a estabilidade novamente e a peça se fecha concluindo-se estável e estruturada com o auxílio do cinto. Além do vestível, temos acessórios em metal na parte posterior das costas representando os estilhaços gerados pela explosão da bomba. São itens fixos que além de demonstrar um resultado instantâneo da explosão também refletem a memória deste ser que vive a mercê de impactos.

PI - desenhos das roupas

Croqui do produto

Definida a justificativa do produto a partir do conceito desenvolvido, pensamos na ocasião de uso, questão importante e necessária para convencer a banca do nosso projeto. A explicação se baseia nas cores, a parte cinza seria para o trabalho, pois a cor remete a solidez e estabilidade. O kimono cinza junto ao cinto, expõe uma silhueta marcada, seguindo o padrão estipulado pelo ambiente profissional. Já o macacão preto, seria para o momento de lazer e Happy hour, por ser mais despojado, sem marcações pré-definidas e pelo fato de proporcionar movimento e conforto.

Depois de um semestre de desenvolvimento e pesquisa, finalmente confeccionamos o vestível. Não posso mentir, deu alguns problemas, costuramos errado, tiramos medidas que não deram muito certo, compramos tecido que não podia usar, enfim, tiveram sim alguns empecilhos no caminho, mas concluímos tudo no prazo e fizemos a sessão de fotos exigida também na normativa do projeto.

PI -desenho-das-roupas

Como queríamos ir além, não ficamos satisfeitas apenas com a produção de imagens e decidimos fazer um vídeo. Item que neste semestre não era obrigatório. Fizemos tudo no estúdio da faculdade mesmo. Editamos o vídeo, ajeitamos as fotos, fizemos um poster científico (item obrigatório), finalizamos o memorial descritivo e apresentamos para a banca.

Esse foi o final de mais um projeto interdisciplinar. Foi muito interessante desenvolver todo esse conteúdo durante o semestre, pois percebemos que fomos muito além do que era esperado.

Quer saber como ficou o resultado final do vídeo? Corre lá no canal e aproveite para se inscrever.

Gostou? Deixe seu comentário e aproveite para rever os textos dessa série!

Ps: Estes textos foram apenas um resumo do projeto que foi feito pelo grupo.