Arte e Cultura

Portinari Popular

By  | 

Portinari Popular no MASP

Em cartaz desde agosto, Portinari Popular reúne diferentes representações de temas populares que são recorrentes na obra do artista. O intuito da exposição é focar nas pinturas com temas, narrativas e figuras como trabalhadores, personagens e tipos populares em diferentes contextos geográficos e sociais.

As obras representam desde momentos felizes que incluem brincadeiras, jogos e festas populares, até a tristeza e a dor através da miséria e morte. Como o artista é filho de imigrantes italianos que trabalharam na colheita do café, muitas de suas pinturas revelam sua vivência e trajetória.

No geral, a exposição inicia um programa de revisão da produção de alguns artistas do modernismo brasileiro, como Tarsila do Amaral. Todas partem de conteúdos relacionados a elementos da cultura popular brasileira, realidade social e identidade cultural do país.

Portinari Popular é um ótimo conjunto que constrói uma ampla noção da história visual brasileira e está em cartaz até o dia 15 de novembro no MASP, em São Paulo.

Quem foi Candido Portinari?

Candido Portinari (1903-1962) é um dos mais importantes e polêmicos artistas brasileiros do século XX. Ele retratou com explícita emoção a cultura, infância, mazelas e questões sociais do Brasil.

O artista nasceu no interior de São Paulo, numa cidade chamada Brodowski. Filho de imigrantes italianos teve uma infância pobre numa fazenda de café.

Ao decorrer de sua trajetória, Portinari participou ativamente, ao lado de escritores, poetas, jornalistas e artistas, da vida cultural e política do país e das mudanças estéticas as quais passava o Brasil no início do século XX.

Portinari PopularAlém de retratar as questões sociais de seu país, Portinari é bastante influenciado pelos movimentos artísticos da Europa como o Cubismo e o Surrealismo. Grande admirador de Picasso, após conhecer a obra Guernica, suas obras começaram a apresentar um caráter de denúncia com relação às questões sociais do Brasil.

Informações

Local: MASP

Dia: até 15 de novembro

Horários de visitação: de terça a domingo das 10h às 18h, e nos demais dias, das 10h às 20h.

Entrada: de terça a entrada é gratuita. Demais dias, inteira R$ 25 e meia-entrada R$ 12.

Gostou? Deixe seu comentário e aproveite para me dizer se você já conferiu a exposição!